"Que a estrada se abra a sua frente,

Que o sol brilhe morno sobre sua cabeça;

Que a chuva caia de mansinho sobre seu corpo;

Que o vento sopre leve em sua face;

E até que nos encontremos novamente;

Que os Deuses te guardem na palma de suas mãos..."

sexta-feira, 29 de abril de 2011


PELA MANHÃ
Renato Defanti

Certo dia quando me levantei pela manhã e abri minha janela deparei-me com uma imensidão azul com rajadas brancas meio desalinhadas pelo vento que corria lá em cima, eram acompanhadas por um sol que chegava até o meu rosto de forma branda como se fosse um carinho de minha mãe, embora os calores não fossem os mesmos senti saudades de seus carinhos.
Fiquei por algum tempo olhando todo aquele céu e percebi que não poderia começar melhor o meu dia, então arrumei minha cama lentamente e fiquei muito feliz ao vê-la pronta sem mim, depois fui tomar meu banho, mas naquele dia foi diferente era como se meu chuveiro fosse uma pequena cachoeira, só minha, e suas águas tivessem o poder de rejuvenescer, pois estava me sentindo mais novo uns dez anos e o meu corpo estava leve, disposto e o meu coração bombeava esperança por dentro de mim.
Tomei meu café apreciando cada sabor em minha boca e percebi como era bom fazer aquilo todos os dias, todas as manhãs, coloquei minhas roupas e pude notar meu corpo agradecendo cada peça vestida, escovei meus dentes e apanhei as chaves do carro, fechei a humilde casa já sentindo saudades por estar indo embora. Quando já estava no interior do meu velho Fusca adotei um enorme prazer em ser seu dono, pois tinha grande convicção de que ele me entendia quando falava com ele, até mesmo o carro foi diferente naquela manhã pegando logo de primeira, coisa raríssima de acontecer, tive certeza que ele estava se sentindo muito bem também e pensei:
- Estou indo trabalhar feliz!
Estava saindo de casa com a certeza de ter pela frente um dia excepcional, mas infelizmente meu dia foi totalmente rotineiro e pela tarde me lembrei que começou tão bom, tão diferente e cheio de sentimentos esquecidos. Quando larguei do serviço me queixei de um acontecimento no qual esperava, pois contava que meu começo de dia era um aviso para uma coisa muito boa que ia acontecer, voltava para a casa como num dia comum e já estava no quarteirão de minha residência quando num descuido por estar meio chateado acabei atropelando uma mulher, desci do carro para socorrê-la e olhei em seus olhos, eram os olhos mais bonitos que já tinha visto em toda a minha vida, foi aí que entendi que era por ela que esperei todo o dia, por sorte não se machucou muito, apenas arranhões, mas mesmo assim fiz questão de levá-la para onde quisesse, me sentindo cada vez mais atraído por aqueles olhos, durante a viagem lhe contei como iniciei meu dia e disse que tinha certeza que era ela a pessoa ideal para mim, embora tivesse sido objetivo demais fiquei surpreso quando aceitou minha proposta de aproximação e resolvemos então tentarmos. Pode parecer um tanto quanto estranho todo este encontro, o mais divertido é que estamos juntos até hoje e toda vez que vejo aquele brilho em seus olhos me lembro da manhã em que nos chocamos, literalmente. 

terça-feira, 26 de abril de 2011

Ouvir Estrelas
Olavo Bilac
  "Ora, direis ouvir estrelas! Certo
  Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
  Que, para ouví-las, muitas vezes desperto
  E abro as janelas, pálido de espanto...
  
  E conversamos toda a noite, enquanto
  A via Láctea, como um pálio aberto,
  Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto,
  Inda as procuro pelo céu deserto.
  
  Direis agora! "Tresloucado amigo!
  Que conversas com elas? Que sentido
  Tem o que dizem, quando estão contigo?"
  
  E eu vos direi: "Amai para entendê-las:
  Pois só quem ama pode ter ouvido
  Capaz de ouvir e de entender estrelas".

  
APAIXONE-SE
Oriovisto Guimarães – Jornal Gazeta do Povo

Apaixone-se pelo mistério que nos cerca,
pelo ar que você respira,
 pelas árvores e pelas estrelas.
 Olhe com atenção para as flores.
 A visão é antes uma ação do cérebro que dos olhos.
 Ouça o vento nas folhas, o canto dos pássaros e o tagarelar das crianças.
 O ouvir é uma arte que depende mais da mente que do ouvido.
Olhos e ouvidos são canais fantásticos que levam mensagens até você;
eles serão inúteis se, em sua alma, não habitar a vontade de ver e de ouvir.
 Apaixone-se por sua capacidade de se autotransformar para melhor.
Você é um pouco Deus na exata medida em que pode,
 por sua própria vontade e determinação,
 construir uma pessoa melhor.
 O caminho da perfeição é infinito, 
mas cada passo nesta estrada é fonte cristalina de pura felicidade.
 Ninguém é tão miserável que não possa dar um primeiro passo na direção certa,
assim como ninguém é tão perfeito que já não precise caminhar.
 Apaixone-se pelo saber, devore livros, raciocine, 
converse com pessoas inteligentes,
ouça boas músicas, olhe com atenção para as obras de arte.
 Os artistas, os filósofos, os poetas, os cientistas veem, 
ouvem e sentem mais que a maioria dos homens,
 e é mister aprender com eles.
 Pergunte, discuta, descubra, polemize, investigue, faça experiências.
 Dê o melhor de seu esforço em tudo o que faz.
 Ajude seu próximo e sua comunidade
 e descobrirá o verdadeiro significado das palavras 
“é dando que se recebe”.
 Receberá em moeda divina, 
receberá em dignidade, sensibilidade,
 grandeza de Espírito e amor-próprio.
 Trabalhe com o cérebro e com as mãos.
Transforme o mundo em um lugar melhor para se viver.
 Não polua, proteja a natureza, conserte sua calçada,
 plante flores em sua casa e em sua rua.
 Lembre-se sempre de que cada atitude sua,
 cada movimento seu,
 será sempre na direção do bem ou do mal.
Seu, de seus semelhantes ou de seu mundo.
 Apaixone-se pelo progresso, 
por sua capacidade de se transformar
 e de transformar o mundo.
 Apaixone-se por uma pessoa que ainda vai nascer.
 Uma pessoa capaz de fazer perguntas, como Aristóteles ou Platão,
 capaz de ouvir, como Vivaldi ou Verdi,
capaz de ver a natureza, como Van Gogh ou Renoir e tantos outros,
 capaz de usar as mãos com a habilidade de um Rodin ou de um Michelangelo.
 Apaixone-se pela tarefa de ser parteiro de si mesmo,
 pela missão de dar-se à luz por vontade própria.
 Apaixone-se por você amanhã.
 Mas faça isso, enquanto é hoje…





Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!



sábado, 23 de abril de 2011


          23 DE ABRIL - SALVE SÃO JORGE!

Oração de São Jorge – Guerreiro OGUM






Chagas abertas no corpo de Nosso Senhor Jesus Cristo, 
por todo seu amor e bondade,
 derrama sobre mim a energia divina de seu sangue sagrado
 e andarei protegido por ti e pelas armas abençoadas
 de São Jorge Guerreiro.

    Glorioso São Jorge, Orixá Ogum,
 em nome de Deus e de Maria Santíssima,
 cubra-me com seu manto sagrado.
 Coloca sobre meu peito seu escudo protetor de ferro e de aço.

Em minha mão direita sua espada de ouro e de prata
 e meu corpo estará fechado contra todos os meus inimigos.
 Que tendo pés não me alcancem,
 tendo mãos não me peguem,
 tendo olhos não me enxerguem
 e nem em pensamento possam me fazer mal. 

Armas de fogo no meu corpo não alcançarão,
 facas e lanças se quebrarão sem ao meu corpo chegarem,
 cordas e correntes se arrebentarão sem ao meu corpo
e meu espírito amarrarem.

E com a sua poderosa proteção
 eu prenderei todos os meus inimigos debaixo da pata do seu cavalo,
 para que fiquem humildes e submissos,
 impedidos de me fazerem mal.

 Assim sendo estou forte e corajoso,
 meus caminhos estão abertos para a prosperidade e para o amor,
 meu coração transborda de alegria
 e meu espírito viverá nas energias sagradas de Deus
 e de São Jorge Guerreiro
 vibrando sempre na plenitude
 da felicidade e da paz. 

Assim seja hoje e sempre.

.

domingo, 17 de abril de 2011

Cigana Sulamita

É a protetora de mulheres grávidas, a que “toma conta” de partos difíceis. Esta cigana é natural de uma região entre França e Borgonha. Viveu muitos anos em Espanha e Itália. Viajou por muitos lugares, Portugal, Índia, Egito e outros. Em verdade trás em seu coração um pouco de cada um destes países. De espírito vívido, é faceira, admirada por todos que a vêem, principalmente o sexo oposto. Boa, generosa é também geniosa ao extremo e capaz de ataques de fúria. Autorizada a entrar na aura de não ciganos, deixa sua mensagem e faz diversos trabalhos de magia.


Adora trabalhar só com frutas e com as folhas dos pés das mesmas frutas. Faz sua magia com folhas de maça, para o amor; folhas de pêra, para a saúde; folhas de uva, para união; folhas e flores de mamão, para afastamentos; umbigo de banana, para feitiços; folha de fruta-de-conde, para aproximação; folhas de laranja, para acalmar fúrias; folhas de caqui, para tirar o mal. Ela gosta de trabalhar com a fogueira, jogando nela as folhas secas, conforme o problema de cada um.
Sua pedra preferida é o quartzo-citrino, amarelo-ouro.
Sulamita, que Bel-Karrano (Deus-Céu) ilumine muito seu espírito para que você possa ajudar quem precisa de sua ajuda.

Ponto cantado Cigana Sulamita
Moça, sua casa é a estrada.
Sem lugar certo para ficar,
vive daqui para ali,
vive de lá para cá.
Com um pandeiro de fitas e um baralho para jogar.
Mas ela tem um brilho em seus olhos,
para quem vier lhe procurar.
Essa cigana é tão bonita estou falando da cigana Sulamita (BIS)

Magia para Atrair a Prosperidade
Por Solange e Marcelo Ruiz

Este encantamento é para atrair sorte e prosperidade. 
Vocês vão precisar de: 
1 imã 
3 moedas douradas 
canela em pó 
1 recipiente pequeno ( de preferência 1 tacho de cobre) 
Modo de fazer: 
Coloque o imã no tacho, coloque as 3 moedas para que se unam ao imã e cubra tudo com canela em pó. 
Se vocês tiverem um altar deixe-o lá, mas se não tiverem altar em casa, deixem em um lugar harmonioso. 

Lachi bar!  

Lachi bar! ( Boa Sorte! ) 


sábado, 16 de abril de 2011

Definitivo

Definitivo, como tudo o que é simples. 
Nossa dor não advém das coisas vividas, 
mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. 

Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos 
o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções 
irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado 
do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter 
tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que 
gostaríamos de ter compartilhado, 
e não compartilhamos. 
Por todos os beijos cancelados, pela eternidade. 

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas 
as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um 
amigo, para nadar, para namorar. 

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os 
momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas 
angústias se ela estivesse interessada em nos compreender. 

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada. 

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo 
confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, 
todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar. 

Por que sofremos tanto por amor? 
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma 
pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez 
companhia por um tempo razoável,um tempo feliz. 

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um 
verso: 

Se iludindo menos e vivendo mais!!! 
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida 
está no amor que não damos, nas forças que não usamos, 
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do 
sofrimento,perdemos também a felicidade. 

A dor é inevitável. 
O sofrimento é opcional...


sexta-feira, 15 de abril de 2011


Os Ciganos são dotados de uma sabedoria esplendorosa, trabalham com lindos encantamentos e magias e os fazem por força de seus próprios mistérios, escolhendo datas certas em dias especiais sob a regência das diversas fases da Lua.
Gostam muito de festas e todas elas devem acontecer com bastante música, dança, frutas, todas que não levem espinhos de qualquer espécie, com jarras de vinho tinto com um pouco de mel e ainda podemos fatiar pães do tipo broa, passando em um de seus lados molho de tomate com algumas pitadas de sal ou mel. Não podemos esquecer: flores silvestres, muitas rosas, velas de todas as cores e, se possível, incenso de lótus.
Adoram fogueiras onde dançam e cantam a noite toda, aproveitando do poder das salamandras para consumir todo o negativismo e acender a chama interna de cada Ser.
Os Ciganos têm em Santa Sara Kali as orientações necessárias para o bom andamento das missões espirituais.
Salve o Povo Cigano!

domingo, 10 de abril de 2011

Místicas

Mandala é uma palavra sânscrita, que significa círculo. Mandala também possui outros significados, como círculo mágico ou concentração de energia. Universalmente a mandala é o símbolo da totalidade, da integração e da harmonia, trabalha os seguintes aspectos pessoais: físico, emocional e energético.

sábado, 9 de abril de 2011

 SER CIGANO
Fogo, música, dança, alegria, sedução, paixão.

Ser cigano é percorrer esta estrada sem se prender a nenhuma estação.
Ser cigano é acender uma fogueira no próprio coração para dançar a vida com magia, coragem e paixão.

Ser cigano é brincar com fogo sem se queimar.
Ser cigano é beber vinho sem se embriagar.
Ser cigano é se apaixonar sem se aprisionar.
Ser cigano é sempre dançar sem, jamais tropeçar.
Ser cigano é cantar as palavras do seu coração com beleza, força e sedução.
Ser cigano é sempre estar atento para ver em que direção vai soprar o vento.
Ser cigano é nunca temer a liberdade do risco de viver.
Ser cigano é aceitar a vida como uma melodia que, como tudo, tem seu princípio, meio e dia.
Ser cigano é saber seduzir, sem se seduzir pela própria sedução.
Ser cigano, enfim é ser humano e brilhar assim mesmo.
Aiyan Zahck

08 de abril
Dia Internacional dos Ciganos

A data foi oficializada em 1971, no Congresso Mundial de Ciganos em Londres. 
A celebração do Dia Internacional dos Ciganos tornou-se desde os últimos anos uma importante ocasião para o reconhecimento internacional dos Ciganos, da sua história, língua e cultura. Apesar desta ser uma data relativamente desconhecida para a grande maioria das pessoas, é celebrada em diversos países dos cinco continentes como uma chamada de atenção para a discriminação que em muitas ocasiões estas comunidades são alvo.




quinta-feira, 7 de abril de 2011

A DANÇA CIGANA
"A DANÇA CIGANA" vem desde o princípio do mundo ... ela esconde um mistério de MAGIA que temos dentro de nós ...
Essa magia desperta e cresce com a descontração de nossos movimentos.
Quando levantamos nossas mãos em ondulações ou "rodopiamos" nossas amplas saias, já estamos em contato com as energias do "UNIVERSO".
Quando dançando, pisamos firme no chão com os pés descalços, estamos recebendo a energia do elemento Terra, que irá nos dar força para os desafios da vida ... Os passos da Dança Cigana, quer sejam com as mãos, com os pés, com a cabeça, ombros, ou com a saia, devem ser firmes, fortes e desafiantes ...
Assim, vamos dançar com toda a força de nossa intuição, despertando a MAGIA que temos dentro de nós ...
Não há idade para este "exercício de alegria". Ele é poderoso quando praticado ...
Nasceu da necessidade de dar formas aos nossos desejos e aos apelos às "FORÇAS SUPERIORES".
A alegria da DANÇA CIGANA leva a força do sorriso de nosso coração, tornando nossos desejos realidade ...
Chame aquilo que quer, com os volteios de suas mãos, com meneios de seus ombros e com a alegria de quem já o possui.
Dance e acenda a fogueira de seu coração tendo a certeza de que ninguém pode impedir que você consiga o que quer, desde que o faça com a melhor intenção ...
Venha ... Vamos Dançar ... Solte seu corpo, remexa seus quadris, ondule suas mãos, rodopie sua saia, solte as amarras que você tem e liberte seu coração ...
Esta é a primeira "MAGIA" a aprender dos muitos Sortilégios Ciganos ...
O Sol e a Lua vêm Dançar com Você ...
Alegria. Esta é a palavra de ordem na dança cigana. Os ciganos adoram dançar. A dança nasce com eles no momento em que abrem os olhos para enfrentar a dura vida de cigano. Desde criança os ciganos ouvem e dançam as seguidillas, a rumba, as alegrias e o flamenco - ritmos e sons tradicionais - produzidos pelas guitarras, violinos, violões, acordeões, címbalos, castanholas, pandeiros, palmas das mãos e batidas dos pés, que aprendem desde cedo com parentes e amigos nas festas do acampamento.
Não há limite de idade para praticar a dança, pois facilmente adapta-se aos critérios de seus praticantes. Fornecendo uma forma agradável de equilíbrio entre o corpo e a mente, aliando a atividade física ao trabalho positivo das emoções e da sensibilidade. Além da beleza da arte da dança cigana que, por si só, já é grandiosa.
Através da dança, liberamos o emocional, resgatamos o feminino e a sensualidade e se desperta a alegria de viver e o entusiasmo. Como toda atividade de dança, a dança cigana é uma excelente atividade física que aumenta a flexibilidade e o tônus muscular, reeduca a postura e desenvolve a coordenação motora. Vale a pena conferir e  se deixar levar pelos ritmos alegres da dança cigana!
A Dança Cigana é sagrada, dançar ao ritmo cigano não é apenas reproduzi-lo em movimentos, a dança é uma oração única, onde o bailarino tem a oportunidade de mostrar quem é, ou seja, seu ser, sentimentos, sonhos, a sabedoria que adquiriu em sua jornada e tudo que ainda busca, sua comunhão com a natureza e o sagrado, descobrir que faz parte de um todo divino chamado Universo.

 Elementos da Dança Cigana:Lenço: força e mistério, purificação, delicadeza e feminilidade. Leque: misterioso, sensual, elegante, perigoso e sedutor. Fitas: alegria, brincadeira de criança, exaltação à beleza da vida.Pandeiro: mensageiro da alegria, do sol e da esperança, anuncia a chegada de um novo caminho ou vida, celebra o sempre continuar.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

CIGANA

És uma linda flor que desabrocha no amanhecer
És um espírito de luz
És a lua que clareia nossas mentes para que possamos dar um 
conselho na hora certa.
És o espírito que nos dá força para superarmos todos 
os nossos obstáculos.
És a estrela brilhante que ilumina nossas vidas neste planeta Terra.
És um espírito maravilhoso que à noite vigia nossos sonhos, impedindo a aproximação de espíritos maléficos
Cigana, com tuas fitas coloridas, estás sempre transmitindo a força do arco-íris.
Sempre que o aflito te invocar, possas transmitir-lhe a energia
 da paz, da harmonia e da consolação.
Que, ao olhar a chama de uma vela, possamos sentir a tua presença.
Que, ao tocar um cristal, possamos sentir a tua energia positiva.
Que, ao sentir o aroma de violetas, possamos sentir que estás nos confortando.
Cigana, cobre-nos com tua saia colorida,
escondendo-nos dos invejosos e mostrando a eles que o caminho não é esse.
Cigana encantada, que nesta hora possamos sentir segurança, paz e felicidade.
Com teu encanto, encanta coisas boas para que os nossos 
caminhos não tenham obstáculos.
Desencanta todas as perturbações que existam nos lares,
Cigana, cura aqueles que estejam doentes do espírito, da alma, da matéria,
Com o poder do Pai-Sol
Com o poder da Mãe-Terra,
Nós te pedimos que nossos pedidos sejam atendidos.
Por Santa Sara, a padroeira dos ciganos, e por todos os espíritos ciganos que viveram e sofreram nesta Terra,
nesta corrente de fé,
Cigana.

Estrela do mar
(Marino Pinto e Paulo Soledade)

Um pequenino grão de areia
Que era um eterno sonhador
Olhando o céu viu uma estrela
Imaginou coisas de amor

Passaram anos, muitos anos
Ela no céu, ele no mar
Dizem que nunca o pobrezinho
Pode com ela se encontrar

Se houve ou se não houve
Alguma coisa entre eles dois
Ninguém soube até hoje explicar
O que há de verdade
É que depois, muito depois
Apareceu a estrela do mar

A COBRA E O VAGALUME


Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um vagalume que só vivia para brilhar.
Ele fugia rápido com medo da feroz predadora e a cobra nem pensava em desistir.
Fugiu um dia e ela não desistia, dois dias e nada...
No terceiro dia, já sem forças o vagalume parou e disse à cobra:
- Posso fazer três perguntas?
- Não costumo abrir esse precedente para ninguém mas já que vou te comer mesmo, pode perguntar...
- Pertenço a sua cadeia alimentar?
- Não.
- Te fiz alguma coisa?
- Não.
- Então por que você quer me comer ?


- PORQUE NÃO SUPORTO VER VOCÊ BRILHAR...